Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Alertas > Alertas à Comunidade Brasileira Residente ou de Passagem pela Etiópia
Início do conteúdo da página

Alertas à Comunidade Brasileira Residente ou de Passagem pela Etiópia

Criminalidade urbana na capital etíope

Embora Adis Abeba seja considerada, no contexto africano, como uma cidade com índices de violência urbana relativamente baixos, a Embaixada do Brasil vem tomando conhecimento de crescente número de assaltos, por vezes com utilização de violência, e furtos a residências nesta capital. Segundo relatos, estrangeiros são os alvos preferenciais, e as ocorrências estariam se concentrando em bairros como Bole, Kazanchis, Piazza e Meskel Square, assim como nas regiões do entorno (Entoto e Yeke Hills).

Desta forma, a Embaixada recomenda que nacionais brasileiros tenham presente esse incremento na criminalidade urbana verificado desde 2018 e exerçam maior cautela na circulação por Adis Abeba. Sugere-se, ademais, a adoção de medidas de proteção adicional, como manter portas de veículos trancadas, quando no trânsito, e evitar deslocamentos a pé, sobretudo à noite.

Questões securitárias no país

Aos visitantes no país, cabe ter presente que, desde 22 de junho último, diante de incidentes político-securitários ocorridos em Bahir Dar (capital do Estado de Amhara) e Adis Abeba, o acesso a certos setores do Aeroporto Internacional de Bole (estacionamentos na área de embarque/desembarque) está sendo limitado por determinação das Forças de Segurança locais, o que poderá implicar em dificuldades para aceder aos pontos de partida dos meios de transporte (táxis, ônibus, etc).

Desde essa mesma data, ocorreram cortes no provimento no sinal de internet (fixa e 3G) em todo o país, apenas restabelecidos no decorrer da primeira quinzena do mês de julho, contudo com restrição do acesso a mídias sociais até a presente data.

Tal como verificado em 18 de julho e dias subsequentes, poderão ocorrer novas manifestações e atos em Hawassa e distritos de Sidama na Região das Nações, Nacionalidades e Povos do Sul, em virtude de demanda de autonomia administrativa e criação de Região por parte da etnia Sidama.

Nesse contexto, a Embaixada do Brasil em Adis Abeba recomenda avaliar a real necessidade de realização de viagens à Hawassa e região circunvizinha, assim como à Região de Ogadem (Região do Estado Somali), ainda sujeitas a instabilidades e tensões étnicas. Como já é usual, sugere-se evitar manifestações políticas ou aglomerações em geral, manter cautela e seguir orientações das autoridades.

O número do telefone de plantão consular para emergências é o seguinte: + 251 94 416 8438.

Para outras informações sobre o país e precauções antes de viajar acesse o portal consular do Ministério das Relações

Fim do conteúdo da página