Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Alertas > Atentado terrorista em Lyon
Início do conteúdo da página

Atentado terrorista em Lyon

Desde janeiro de 2015, após uma série de atentados  terroristas ocorridos na Europa, o governo francês decidiu implementar o plano "vigipirate", sistema de alerta e prevenção de atentados terroristas. O plano engloba todos os ministérios franceses e contempla medidas específicas de combate ao terrorismo, tais como aumento do policiamento ostensivo, medidas de segurança mais rígidas, restrições a algumas atividades e maior controle pelas forças de segurança. Após o atentado na usina de gás de Lyon, o nível de alerta na região foi alterado, durante três dias, para "Alerte Attentat", grau mais elevado do plano "vigipirate".

Embora a adoção do plano "vigipirate" não esteja a afetar a vida cotidiana, cabe ressaltar que foi sensivelmente aumentada a presença de militares armados na capital francesa, bem como incrementadas as medidas de segurança para ingresso e circulação em espaços públicos e privados.Recomenda-se atenção às orientações das autoridades locais, bem como respeito às normas de segurança em vigor".

Em contato com as autoridades francesas, o Consulado-Geral do Brasil em Paris  informou que não há registro de vítimas brasileiras no atentado ocorrido em usina de gás, em 26/6/2015, na cidade de Lyon, centro-leste França.

Em caso de dúvidas, o Consulado-Geral do Brasil em Paris poderá ser consultado.

Fim do conteúdo da página