Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Alertas > Exigência de certificado internacional de vacinação contra a febre amarela na Nicarágua
Início do conteúdo da página

Exigência de certificado internacional de vacinação contra a febre amarela na Nicarágua

 

A Embaixada do Brasil em Manágua informa que o Ministério da Saúde da Nicarágua adotou a Resolução Ministerial nr. 18 - 2017, por meio da qual passa a exigir, para ingresso em território nicaraguense, a partir do dia 18/01/2017, a apresentação de Certificado Internacional de vacinação contra febre amarela pelos viajantes procedentes de países, entre os quais o Brasil, que a OPAS/OMS define como de transmissão ativa da doença. Segundo a resolução, se deve entender por válido todo certificado que seja emitido pela autoridade sanitária competente do país de procedência do viajante que tenha ao menos 10 dias de vigência anteriores à data de ingresso neste país.

Fim do conteúdo da página