Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Alertas > Exigência de certificado internacional de vacinação para febre amarela em Cuba
Início do conteúdo da página

Exigência de certificado internacional de vacinação para febre amarela em Cuba

Tendo como base recomendações da Organização Mundial da Saúde, Cuba passará a exigir, a partir do dia 7 de fevereiro de 2017, o certificado internacional de vacinação contra a febre amarela a todas as pessoas provenientes do território brasileiro. Informamos também que o cidadão que não apresentar o referido certificado deverá ser encaminhado a hospital de medicina tropical em território cubano, havendo acompanhamento clínico-epidemiológico pelo prazo de 10 dias.

Fim do conteúdo da página