Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Alertas > Lei Marcial e Condições de Segurança em Mindana
Início do conteúdo da página

Lei Marcial e Condições de Segurança em Mindana

A República das Filipinas situa-se em arquipélago de mais de 7 mil ilhas, divididas em três grandes grupos: Luzon, ao norte, Visayas, no centro, e Mindanao, ao Sul. Desde maio de 2017, em virtude de conflitos com grupos armados simpatizantes ao autodenominado Estado Islâmico, o governo das Filipinas colocou sob lei marcial toda a ilha de Mindanao e as províncias vizinhas de Sulu, Jolo e Tawi-Tawi.

As Filipinas são consideradas um dos países mais ameaçados por ataques terroristas no mundo, dos quais resultaram na morte de centenas de pessoas nos últimos anos. De maneira a combater grupos extremistas e outras ameaças, a Lei Marcial foi prorrogada até 31/12/2019, bem como foram intensificadas as inspeções no aeroporto internacional de Manila (NAIA).

Dessa forma, recomenda-se aos nacionais brasileiros que evitem viagens não essenciais à parte sul das Filipinas e que fiquem atentos às orientações de segurança das autoridades locais. No planejamento de viagens, sugere-se máxima preferência a itinerários que incluam, nas Filipinas, somente as ilhas dos grupos Luzon e Visayas, e/ou o norte da ilha de Palawan. Há limitações para a prestação de serviço consular a brasileiros que se encontrem em Mindanao e nas províncias vizinhas.

Mais informações sobre assistência consular podem ser encontradas no sítio eletrônico da Embaixada do Brasil em Manila: http: manila.itamaraty.gov.br/ptbr/assistencia_consular.xml

Fim do conteúdo da página