Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Alertas > Surto de Sarampo nas Filipinas
Início do conteúdo da página

Surto de Sarampo nas Filipinas

O Departamento de Saúde ("Department of Health" - DOH) filipino alerta para o crescimento de casos de sarampo no país, tendo sido registrados mais de dois mil casos desde o início do ano, trinta deles resultando em morte.

As localidades mais sensíveis à doença são a National Capital Region - NCR (Metro Manila) e as regiões de Central Luzon, Calabarzon, Central Visayas e Western Visayas, que representam quase um terço das províncias do arquipélago, e onde reside mais da metade da população filipina.

Ademais, há relatos de sarampo nas regiões de Bicol, Cagayan Valley, Caraga, Cordillera, Mimaropa, Ilocos, Eastern Visayas, Northern Mindanao, Soccsksargen e Zamboanga (metade das províncias; um quarto da população).

De maneira a frear o surto, as autoridades locais têm recomendado a imunização, especialmente - mas não somente - de crianças menores de cinco anos. Outras importantes medidas para aumentar a resistência do corpo e substituir os líquidos perdidos são alimentação balanceada e constante hidratação.

O DOH recorda que o sarampo é uma doença respiratória altamente contagiosa causada por um vírus, sendo transmitida de pessoa para pessoa por espirro, tosse e contato pessoal próximo. Seus sinais e sintomas incluem tosse, coriza, olhos vermelhos, conjuntivite, febre e erupções cutâneas com duração de mais de 3 dias.

As complicações da doença incluem diarreia, infecção do ouvido médio, pneumonia, encefalite, desnutrição e cegueira, podendo levar à morte.

O Departamento de Saúde, por fim, aconselha os cidadãos a trazerem todos os casos suspeitos ao hospital mais próximo para tratamento precoce e gerenciamento adequado do caso.

Fim do conteúdo da página