Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > No exterior > Segurança no exterior
Início do conteúdo da página

Segurança no exterior

Crimes, com diferentes graus de violência, ocorrem em qualquer lugar do mundo. Durante viagens ao exterior, cidadãos brasileiros devem permanecer atentos e ter sempre cautela, independentemente do destino escolhido. A maior parte dos crimes não violentos, como furtos e roubos, pode ser evitada tomando-se precauções normais de segurança, com atenção redobrada a pertences pessoais e a movimentações estranhas em lugares públicos, por exemplo. Em caso de ocorrência de crimes com vítimas, cidadãos brasileiros devem contatar imediatamente as autoridades policiais locais e a  Embaixada ou Repartição consular do Brasil mais próxima.  Mais informações podem ser encontradas também na página Segurança do viajante.      


Países com alta taxa de criminalidade
Embora grande parte do mundo tenha problemas comuns de violência urbana (como furtos, golpes e crimes de oportunidade), alguns países podem ter uma taxa alta de criminalidade. Nesse sentido, turistas estrangeiros podem ser vítimas potenciais de ataques. Nesses casos, cidadãos brasileiros devem permanecer atentos a possíveis assaltos a mão armada, sequestros, extorsões, e quaisquer outros tipos de violência, inclusive banditismo nas estradas e risco de crimes residenciais, com invasão de domicílios, roubo e posterior sequestro.           

Xenofobia     
Em alguns países, membros de grupos étnicos minoritários reportam, com frequência, assédio verbal e episódios de violência.  Aconselha-se que cidadãos brasileiros que lamentavelmente venham a ser vítimas de xenofobia em outros países que não reajam, para evitar que a violência escale, afastem-se imediatamente do local e denunciem a ocorrência a autoridades policiais e, se necessário, à Repartição Consular do Brasil mais próxima.

Vítimas de crimes

Caso seja vítima de um crime no exterior, o cidadão brasileiro deverá adotar as seguintes providências:
a) consultar um médico, se necessário;
b) dirigir-se imediatamente à autoridade policial mais próxima e registrar boletim de ocorrência, com as seguintes informações: data, local e hora do incidente, perdas materiais e lesões corporais da agressão ou crime (fornecendo todos os elementos úteis ao inquérito); descrição física do autor, tipo e cores de vestimenta, sinais particulares, modelo, cor e número de placa do automóvel, se for o caso;
c) informar Representação diplomática ou Repartição consular do Brasil sobre sua situação.

ATENÇÃO: Leia, com muito cuidado, todas as informações disponíveis no Portal Consular sobre o destino escolhido, procurando informar-se sobre os principais crimes e delitos ocorridos naquele país. Quanto mais informação você tiver, mais protegido estará.  


Emergências de segurança

Em caso de falecimento, hospitalizações ou emergências de segurança graves envolvendo cidadãos brasileiros no exterior, leia, com cuidado, as informações disponíveis na página Emergências.

Fim do conteúdo da página