Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Países sem Representação do Brasil
Início do conteúdo da página

Países sem Representação do Brasil

 

Rede Diplomático-Consular brasileira é uma das maiores do mundo. Não há, no entanto, Representação do Brasil em todos os países do globo.

 

Isso significa que, se você estiver em um dos países listados abaixo, os serviços consulares serão prestados à distância, a partir da Embaixada ou do Consulado brasileiro em algum outro país que seja responsável pela jurisdição consular do local onde você atualmente se encontra. Alternativamente, cidadãos brasileiros podem tentar acionar Representações diplomáticas de algum país do Mercosul, se houver, naquele país, por força do Mecanismo de Cooperação Consular do Mercosul. 

 

Nacionais em viagens a algum dos países abaixo devem ter em mente que a ausência de Representação do Brasil naquele país pode significar sérios limites à assistência prestada pelo Governo brasileiro, especialmente no caso de emergências.

 

Verifique também a lista de Jurisdições consulares.

 

País

Embaixada em:

Antígua e Barbuda

Bridgetown

Comunidade da Dominica

Bridgetown

Eritreia

Cairo

Estado do Bahrein

Kuwait

Estados Federados da Micronésia

Manila

Estado Independente da Samoa

Wellington

Granada

Bridgetown

Grão-Ducado de Luxemburgo

Bruxelas

Ilhas Salomão

Camberra

Mongólia

Pequim

Montenegro

Belgrado

Ordem Soberana e Militar de Malta

Vaticano

Papua Nova Guiné

Camberra

Principado de Andorra

Madri

Principado de Liechtenstein

Berna

Principado de Mônaco

Paris

Reino da Suazilândia

Maputo

Reino de Tonga

Wellington

Reino do Butão

Nova Delhi

Reino do Camboja

Bangkok

Reino do Lesoto

Pretória

República Centro-Africana

Brazzaville

República da Gâmbia

Dacar

República da Islândia

Oslo

República da Letônia

Estocolmo

República da Lituânia

Copenhague

República da Macedônia

Sófia

República da Moldova

Kiev

República das Ilhas Fiji

Camberra

República das Ilhas Marshall

Manila

República das Maldivas

Colombo

República das Seychelles

Dar es Salaam

República de Djibuti

Adis Abeba

República de Kiribati

Wellington

República de Madagascar

Maputo

República de Malta

Roma

República de Maurício

Pretória

República de Nauru

Camberra

República de Palau

Manila

República de Ruanda

Nairóbi

República de San Marino

Roma

República de Uganda

Nairóbi

República de Vanuatu

Camberra

República Democrática Popular do Laos

Bangkok

República Islâmica do Afeganistão

Islamabad

República Federal da Somália

Nairóbi

República do Burundi

Nairóbi

República do Chade

Iaundê

República do Iêmen

Riade

República do Níger

Cotonou

República do Sudão do Sul

Adis Abeba

República do Tajiquistão

Islamabad

República do Turcomenistão

Astana

República do Uzbequistão

Moscou

República Federal Islâmica das Comores

Dar es Salaam

República Quirguiz

Astana

São Cristóvão e Névis

Bridgetown

São Vicente e Granadinas

Bridgetown

Sultanato de Brunei Darussalam

Kuala Lumpur

Tuvalu

Wellington


 

Territórios não reconhecidos pelo Brasil


Nem todas as regiões no mundo que reivindicam o direito de serem reconhecidas como Estados têm esse pleito aceito pelo Governo brasileiro. Nesses casos, ao se falar de assistência consular, não cabe a figura da jurisdição cumulativa, uma vez que o Brasil não reconhece tais governos como entidades soberanas. Veja, a seguir, lista de casos que se enquadram nessa situação e saiba em qual Repartição brasileira solicitar ajuda, caso venha a necessitar de assistência consular enquanto estiver em algum desses territórios. 

ATENÇÃO: Essas entidades podem não reconhecer o passaporte brasileiro como documento válido para ingresso em seus territórios. Informe-se com antecedência dos requisitos necessários para entrada em cada uma das regiões listadas a fim de evitar problemas em suas viagens! A assistência consular a ser prestada pelo Governo brasileiro nesses casos será, naturalmente, muito limitada.

Abecásia
Embaixada Brasileira em Tbilisi (Geórgia), com jurisdição sobre todo o território da Geórgia.

Nagorno-Karabakh
Embaixada Brasileira em Baku (Azerbaijão), com jurisdição sobre todo o território do Azerbaijão.

Kosovo
Embaixada Brasileira em Belgrado (Sérvia), com jurisdição sobre todo o território da Sérvia.

Ossétia do Sul
Embaixada Brasileira em Tbilisi (Geórgia), com jurisdição sobre todo o território da Geórgia.

República da Crimeia
Embaixada Brasileira em Kiev (Ucrânia), com jurisdição sobre todo o território da Ucrânia.

República Árabe Sahauri Democrática (Saara Ocidental)
Embaixada Brasileira em Rabat (Marrocos), com jurisdição sobre todo o território do Marrocos.

República Turca do Chipre do Norte
Embaixada Brasileira em Nicósia (Chipre), com jurisdição sobre todo o território do Chipre.

Somalilândia
Embaixada Brasileira no Cairo (Egito), com jurisdição sobre todo o território da Somália.

Transnístria (Transdniéstria)
Embaixada Brasileira em Kiev (Ucrânia), com jurisdição sobre todo o território de Moldova.

A lista mencionada não é exaustiva. O mesmo entendimento de jurisdição deve ser aplicado a outros territórios na mesma situação.

 

 

Fim do conteúdo da página