Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Noruega

Alertas para este país

Sem alertas para este país.

Informações básicas

Capital Oslo
Língua Norueguês
Moeda Coroa norueguesa 
Validade do passaporte Deve ter validade superior a 3 meses quando da saída do espaço schengen
Página do passaporte em branco São necessárias duas páginas para carimbo de entrada
Visto de turista necessário Favor consultar a tabela disponível na seção Vistos.
Vacinações Nenhuma vacina específica é necessária para entrada   
Restrições de moeda para entrar 25.000 coroas norueguesas (ou equivalente)
Restrições de moeda para sair 25.000 coroas norueguesas (ou equivalente)

Recomendações de viagem

A recomendação de viagem do Ministério das Relações Exteriores considera o contexto de infraestrutura, segurança e saúde, bem como a situação geral do país escolhido como destino, avaliando os riscos potenciais de uma viagem a cidadãos brasileiros.

 

X

Viajar com precauções normais de segurança

 

Viajar com grau moderado de cautela

 

Viajar com alto grau de cautela

 

Evitar viagens não-essenciais  

 

Não viajar

 

Não há, na Noruega, avisos específicos ou situações que demandem grande atenção por parte dos viajantes brasileiros, mas algum grau de cautela é sempre necessário ao viajar, independentemente do destino escolhido. Cidadãos brasileiros devem viajar à Noruega com precauções normais de segurança. Para maiores informações, recomenda-se a cuidadosa leitura dos tópicos desta página.

Cidadãos brasileiros devem ter sempre as informações de contato da Embaixada do Brasil em Oslo, que, se necessário, poderá prestar assistência consular a nacionais na Noruega. 

A depender da natureza de sua solicitação, a melhor opção poderá ser entrar em contato com sua família, amigos, companhia aérea, agente de viagem, operador de turismo, empregador ou seguro de viagem em primeiro lugar.  Os Postos com serviço consular estão à disposição para auxiliar em casos de maior complexidade. Acesse o Portal Consular para saber o que uma Repartição consular pode ou não pode fazer por você.

Para assuntos graves e de natureza jurídica, recomenda-se entrar em contato, inicialmente, com as autoridades de polícia e/ou de saúde locais, a partir dos dados de contato informados nos tópicos "Segurança" e "Saúde" do Portal Consular. Caso necessário, a Rede Consular do Brasil poderá ser contatada.

Para solicitações fora do horário de expediente e casos de comprovada emergência, o plantão consular da Embaixada ou Consulado do Brasil poderá ser acionado. Contate a página Emergências do Portal Consular para maiores informações.

Rede Consular do Brasil

Recomenda-se que cidadãos brasileiros portem relação com os números de telefone da Embaixada e/ou do Consulado instalado na região em que pretende transitar ou permanecer. A assistência consular é um direito reconhecido por tratados internacionais, e o cidadão estrangeiro deve sempre exigir das autoridades locais a oportunidade de comunicar-se com Representação Diplomática de seu país. O Itamaraty recorda que a assistência consular prestada ao cidadão brasileiro é isenta de custos, embora não exista previsão legal para o custeio de despesas com, por exemplo, advogados e tratamento médico/hospitalar.

 

Embaixada do Brasil em Oslo

Endereço: SIGURD SYRS GATE 4 e SIGURD SYRS GATE 2 0244 - OSLO – NORUEGA.

Telefone: (0047) 2254-0730

Plantão Consular: (47) 93 45 00 92 (SOMENTE PARA EMERGÊNCIAS)

 Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Site da Repartição:  http://oslo.itamaraty.gov.br/pt-br/

 

Para saber o que uma Embaixada ou Consulado brasileiro pode e não pode fazer por você, clique aqui.

Em caso de morte de cidadão brasileiro no exterior, acidentes, inadmissões e demais emergências consulares, clique aqui.

Em caso de dúvidas, clique aqui.

Consulados Honorários do Brasil

Consulado Honorário em Bergen

Titular: VCH Birgitte Friele

Endereço: "Kaffehuset Friele AS (www.friele.no)

Midtunhaugen 6 5224 Nestun"

Telefone: 55 92 66 00

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Consulado Honorário em  Stavanger

Titular:  CH Anna Aabo

Endereço: "International Research Institute of Stavanger

(IRIS) Prof. Olav Hansensvei 15 4021 Stavanger"

Telefone: 51 87 50 00

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Consulado Honorário em  Trondheim

Titular:  Marius Maske

Endereço: "Maske Gruppen AS Lade Allé 61 700 Trondheim"

Telefone: 73 89 29 00

E-mail:

 

Consulado Honorário em  Tromso

Titular:  Hans Henrik Linnet

Endereço: "Advokat Linnet PB 670 9257 Tromsø"

Telefone:

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Consulado Honorário em  Reykjavík

Titular:  Ristján Pórarinn Davíosson

Endereço: Skeljagrandi 17 107 Reykjavík

Telefone:

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Comunidade brasileira e principais destinos

Comunidade brasileira         

Estima-se que a comunidade brasileira na Noruega seja composta de 6.500 cidadãos.           

Principais destinos   

As principais cidades da Noruega são Oslo (633 mil habitantes), Bergen (271 mil), Trondheim (181 mil), Stavanger (130 mil) e Tromsø (72 mil). 

Entrada

O conteúdo a seguir está sujeito a mudanças e pode não ter as informações completas que assegurem a entrada no país escolhido. Para mais informações, recomenda-se a leitura completa das páginas do Portal Consular, incluindo os alertas migratórios e a seção Vistos. Recomenda-se, ainda, que, antes de viajar, cidadãos brasileiros contatem uma Embaixada ou Consulado do país escolhido como destino para certificar-se dos requisitos de visto e entrada e permanência.

Inadmissões de cidadãos brasileiros

A prerrogativa de cada país de determinar quem pode ou não entrar em seu território é decisão soberana de cada Estado. O Governo do Brasil não poderá intervir a favor de cidadãos brasileiros não admitidos por não terem cumprido os requerimentos de entrada.

O Ministério das Relações Exteriores tem mantido contatos sistemáticos com autoridades estrangeiras, no sentido de sensibilizá-las sobre a necessidade de adoção de critérios claros na política de controle migratório, de maneira a serem evitados comportamentos que possam ser interpretados como discriminatórios ou que atentem contra a dignidade e moralidade dos indivíduos.

Recomenda-se a leitura da seção Inadmissões/deportações de cidadãos brasileiros para mais informações.

Febre amarela          

A febre amarela é considerada endêmica no Brasil. Por isso, alguns países podem exigir de cidadãos brasileiros comprovante de vacinação contra a doença. Mais informações sobre o assunto e outras vacinas eventualmente necessárias podem ser encontradas no tópico Saúde do viajante.

Visto  

Favor consultar a tabela disponível na seção Vistos.

Requisitos de entrada          

Para entrada na Noruega, basta comprovar meios de subsistência para a estada, no montante de NOK 500,00 (o equivalente a USD 83,00) e apresentar passagem de retorno para o Brasil ou para outro país no qual o cidadão tenha permissão de residência.

Acordo de Schengen             

O país faz parte do chamado Espaço Schengen, área criada por convenção entre países europeus na qual não há controles fronteiriços ou alfandegários. Assim, cidadãos brasileiros que desejam circular entre os países do Acordo de Schengen não precisarão apresentar passaportes nas fronteiras. Ressalta-se, no entanto, que o controle fronteiriço de cada país é prerrogativa unicamente das autoridades locais, que poderão adotar as medidas que julgarem necessárias para controlar a circulação de pessoas em seus territórios. Mais informações poderão ser obtidas no Alerta migratório – Espaço Schengen

Dupla nacionalidade 

O país permite a dupla nacionalidade. Destaca-se, no entanto, que, no Brasil, nacionais devem entrar e sair portando passaporte brasileiro. Assim, cidadãos com dupla nacionalidade devem viajar necessariamente com o passaporte brasileiro. Mais informações estão disponíveis no aviso "Brasileiros com dupla nacionalidade", divulgado aqui.

Entrevistas

No momento da entrevista com as autoridades de fronteira, recomenda-se postura tranquila e séria, evitando postura excessivamente informal. É importante que o viajante brasileiro não conte com gestões ou facilidades proporcionadas pelo agente de imigração. Nesse sentido, recomenda-se que o cidadão brasileiro viaje com todos os documentos e provas de sua estadia impressos, e não na dependência de poder obtê-las por via eletrônica, já que não contará com um computador nem internet, nem mesmo com a possibilidade de buscar tais documentos na bagagem despachada.

Entrada de menores

Em esforços para prevenir sequestro internacional de menores, alguns Governos estrangeiros começaram a verificar o status de menores em pontos de entrada do país. Essas verificações frequentemente incluem exigência de documentos que comprovem a relação do menor com a pessoa que o estiver acompanhando e autorização de viagem,  por escrito,  do genitor ausente. Caso um dos genitores tenha falecido, é necessário portar cópia do certificado de óbito. Para mais informações, pode-se acessar a página Viagem de menores brasileiros ao exterior.

Porte de dinheiro      

Cidadãos brasileiros em viagem ao país que estejam portando mais de 10.000 euros ou equivalente devem declarar a quantia. Dinheiro não declarado pode ser confiscado na ocasião da partida, e cidadãos poderão ser processados pelas autoridades locais. 

Permanência

Imigração irregular

Assistência consular é prestada a todos os cidadãos brasileiros no exterior, independentemente de sua situação migratória. No entanto, o Governo brasileiro recomenda fortemente que nacionais do Brasil no exterior busquem sempre estar em situação migratória regular. A legislação de determinados países pode punir a imigração irregular de maneiras severas, prevendo multas de valor expressivo e, em alguns casos, detenção. Recomenda-se, nesse sentido, a leitura detalhada das informações publicadas na seção Imigrar para outros países.

Estudantes brasileiros no exterior  

Cidadãos que pretendem viajar ao exterior para estudar devem atentar-se à necessidade de planejar cuidadosamente sua estadia, especialmente se for a primeira vez que realizam viagem internacional. Devem solicitar visto à Embaixada do país com a devida antecedência; pesquisar e conhecer a realidade do país e da cidade onde pretendem estudar, em particular sobre seu sistema de ensino; conhecer os costumes locais; ter domínio do  idioma do ensino e verificar antes com as autoridades competentes do Ministério da Educação do Brasil e das universidades federais sobre os procedimentos para efetuar a revalidação de seus estudos e diplomas no Brasil. Antes de viajar, recomenda-se anotar os números de contato da Embaixada ou Consulado do Brasil mais próximo, em caso de necessidade, e efetuar sua matrícula consular na Representação brasileira, para que possa entrar em contato em caso de emergências.  Se tiver de usar medicamentos para condição de saúde ou enfermidade, deve-se verificar se a receita médica será válida no país de estudo ou quais seriam as exigências para receber receita médica no local. Mais informações estão disponíveis na seção Estudar em outros países.

Trabalhar no exterior           

Modelos, jogadores/técnicos de futebol e outros profissionais brasileiros que pretendem trabalhar no exterior devem ler cuidadosamente a cartilha Orientações para o Trabalho no Exterior, elaborada para ajudar cidadãos brasileiros que pretendem trabalhar no exterior. Recomenda-se vivamente que a leitura seja feita antes da assinatura de qualquer contrato de trabalho com clube, empresa ou representação estrangeira.

Ciência sem Fronteiras        

No âmbito do programa "Ciência sem Fronteiras" O Governo do Brasil tem adotado ampla política de concessão de bolsas para que jovens brasileiros possam estudar em universidades no exterior. Para solicitar assistência durante sua estada em outros países, inclusive na Noruega, bolsistas do programa podem contatar a Embaixada ou Consulado do Brasil mais próximo ou o Núcleo de Assistência a Brasileiros (NAB) em Brasília. Para dúvidas técnicas sobre aspectos do programa ou auxílio financeiro, os estudantes poderão contatar a CAPES ou o CNPq diretamente. Para mais informações, recomenda-se leitura da página "Apoio ao bolsista no exterior", disponível no sítio do Programa Ciência sem Fronteiras, em  http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/apoio-ao-bolsista-no-exterior 

Segurança

Crimes, com diferentes graus de violência, ocorrem em qualquer lugar do mundo. Durante viagens ao exterior, cidadãos brasileiros devem permanecer atentos e ter sempre cautela, independentemente do destino escolhido. A maior parte dos crimes não violentos, como furtos e roubos, pode ser evitada tomando-se precauções normais de segurança, com atenção redobrada a pertences pessoais e a movimentações estranhas em lugares públicos, por exemplo. Em caso de ocorrência de crimes com vítimas, cidadãos brasileiros devem contatar imediatamente as autoridades policiais locais e a  Embaixada ou Repartição consular do Brasil mais próxima. Para mais informações, pode-se acessar a informação Segurança do viajante.

Perda de documentos brasileiros    

No exterior, cidadãos brasileiros devem ter sempre o máximo de cuidado com seu passaporte brasileiro e seguir todas as orientações escritas nas páginas do documento de viagem. Durante a viagem, recomenda-se manter cópia autenticada de documento de identidade e de certidão de nascimento, além de cópia simples do passaporte em local seguro. A posse dessas cópias facilitará a emissão de novo passaporte, em caso de perda ou furto dos documentos originais. Cidadãos que estejam em retorno ao Brasil podem solicitar Autorização de Retorno ao Brasil (ARB), cuja emissão é mais rápida e mais barata que um novo passaporte, sob determinadas condições. Em caso de dúvidas, recomenda-se a leitura das informações da seção Perda de documentos brasileiros no exterior e, para saber sobre emissão de documentos brasileiros no exterior, pode-se consultar a página Emissão de documentos no exterior.

Vítimas de crimes     

Providências que o cidadão brasileiro deve tomar caso seja vítima de algum crime:

a) consultar um médico, se necessário;

b) dirigir-se imediatamente à autoridade policial mais próxima e registrar boletim de ocorrência, com as seguintes informações: data, local e hora do incidente, perdas materiais e lesões corporais da agressão ou crime (fornecendo todos os elementos úteis ao inquérito); descrição física do autor, tipo e cores de vestimenta, sinais particulares, modelo, cor e número de placa do automóvel, se for o caso;

c) informar Representação diplomática ou Repartição consular do Brasil sobre sua situação.

Segurança pública    

É baixo, porém não inexistente, o risco a ser levado em conta pelo estrangeiro em aspectos como: segurança pública, segurança rodoviária, catástrofes naturais, epidemias ou conturbações políticas, na Noruega.Em média, a Noruega tem uma baixa taxa de criminalidade, com a maioria dos crimes limitada a furto e vandalismo. Como a maior cidade e capital, Oslo tem uma maior taxa de criminalidade do que o resto do país. Existem poucas áreas e atividades de Oslo, que devem ser evitados à noite. Podem ser citados por exemplos: passeio pedestre ao longo do rio Akerselva; área em torno da rua Skippergata; área acima da estação central de trem;  área em torno da estação de metrô de Majorstuen.Embora constituindo um fato isolado e lamentável, os atentados de 2011 vieram demonstrar que nenhum país está imune ao terrorismo, à intolerância e a casos de desvios violentos de comportamento. Desde o ocorrido, medidas de segurança mais estritas passaram a ser adotadas na Noruega.A Noruega tem uma polícia unificada, ou “Politi”. Em áreas rurais policiais são chamados “lensmann”. Os policiais geralmente não carregam armas.

Compensação            

O Governo norueguês, como outros Governos de países nórdicos, oferece compensação a cidadãos estrangeiros vítimas de crimes em seu território.  Mais informações podem ser encontradas no sítio eletrônico da Autoridade Norueguesa para Compensação Criminal, em http://www.voldsoffer.no/

Inverno          

O inverno norueguês apresenta um desafio à maioria dos brasileiros, desacostumados ao frio e à neve. As temperaturas abaixo de zero podem durar do final de novembro ao começo de março. Os dias são curtos e a luz natural, pouca. Durante o inverno, recomenda-se que cidadãos brasileiros permaneçam agasalhados de maneira adequada Enfrentar a pouca luminosidade no inverno é um dos desafios mais comuns enfrentados por estrangeiros na Noruega. A maioria das pessoas adapta-se à diferença, mas algumas podem sentir-se desanimadas, tristes ou sensíveis, o que pode ser sinal de um transtorno afetivo típico da estação (Seasonal Affective Disorder) causado por um desequilíbrio bioquímico decorrente da falta de luz solar.

Manifestações populares    

Alguns protestos podem ocorrer na Noruega, sobretudo em datas simbólicas, como o dia do trabalho ou demais comemorações civis. Ainda que os protestos sejam pacíficos, recomenda-se que cidadãos brasileiros evitem áreas com registro de manifestações, já que esse tipo de atividade pode escalar para conflitos em caso de confrontação com autoridades policiais locais.

Terrorismo    

Ainda que a Noruega seja considerada uma nação segura, tem sido sujeita a incidentes terroristas no passado.  Em 2011, ações terroristas levaram à morte de mais de 70 pessoas em Oslo. Em 2012, dois homens foram condenados por vinculação com a al-Qaida. Cidadãos brasileiros devem permanecer vigilantes no país, uma vez que a ausência de controles fronteiriços entre os países do Espaço Schengen, incluindo a Noruega, facilita a movimentação de pessoas possivelmente ligadas a grupos terroristas. Para mais informações sobre atentados terroristas, recomenda-se seguir cuidadosamente as instruções contidas no guia Atentados terroristas no exterior.

Instituições fraudulentas

Recomenda-se aos brasileiros que planejam viajar à Noruega para estudar que se informem sobre a situação das instituições de ensino escolhidas. Antes de viajar, cidadãos brasileiros devem checar as informações sobre idoneidade das instituições e verificar aquelas credenciadas junto ao Governo local.

Turismo de aventura

É grande o número de turistas no país que desejam realizar turismo de aventura (montanhismo, trilhas) ou praticar esportes radicais. Nesse sentido, turistas brasileiros devem contratar seguro-saúde que ofereça cobertura contra ferimentos decorrentes de acidentes. Mais informações podem ser obtidas no aviso Turismo de aventura.

Svalbard        

O arquipélago de Svalbard, próximo à zona polar, é administrado pelo Governo norueguês, embora possua legislação própria. As nove ilhas do arquipélago, por exemplo, não são parte do Espaço Schengen, como a Noruega. Cidadãos brasileiros que pretendem visitar as ilhas de Svalbard devem estar cientes de que as condições metereológicas da região são instáveis, e que atendimento médico e policial a cidadãos naquela localidade pode ser limitado.  

Assédio sexual e crimes contra a mulher   

Denúncias de assédio sexual são raras na Noruega, mas podem ocorrer em qualquer país, independentemente do destino escolhido. Mulheres devem evitar andar sozinhas pelo país, especialmente durante a noite e/ou em áreas isoladas. Mais informações estão disponíveis no aviso Mulheres em viagens ao exterior.

Tráfico de pessoas   

A polícia brasileira, em cooperação com autoridades policiais de outros países e da INTERPOL, segue investigando casos de tráfico de mulheres envolvendo nacionais do Brasil. O Governo brasileiro preparou uma cartilha sobre o tema, para a difusão de informação sobre esse tipo de crime, com o intuito de prevenir potenciais vítimas. Mais informações podem ser encontradas no Guia de Atuação no Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.

Caso seja vítima ou tenha alguma informação sobre eventual caso de tráfico internacional de pessoas envolvendo cidadão ou cidadã brasileira, recomenda-se fortemente que procure a Representação consular, para relatar o caso e receber orientações. Os dados serão tratados com a devida confidencialidade. Mais informações estão disponíveis em http://www.justica.gov.br/sua-protecao/trafico-de-pessoas

Contatos importantes          

Polícia:  112    

Pronto-Socorro/Ambulância: 113       

Bombeiros: 110

Saúde

A situação geral de saúde em outros países pode ser bem diferente daquela do Brasil. Cidadãos estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita em grande número de países. Recomenda-se vivamente que viajantes brasileiros sempre contratem seguro internacional de saúde adequado, mesmo que tal documento não seja exigido pelas autoridades migratórias locais. O Ministério das Relações Exteriores não poderá se responsabilizar por despesas médicas de brasileiros no exterior.

Antes de viajar, nacionais brasileiros devem certificar-se de sua saúde física, tomando as vacinas indicadas para o destino escolhido. Vacinas contra difteria, tétano, hepatite B, sarampo, caxumba, rubéola e tuberculose são recomendadas para todo tipo de viagem. Em caso de dúvidas, o Ministério da Saúde poderá ser consultado.

Para obter informações sobre surtos de doenças infecciosas no exterior, é importante consultar o sítio da Organização Mundial da Saúde(OMS), que contém dados detalhados sobre a situação específica de saúde de cada país.

Ao retornar de países com ocorrência de endemias, quaisquer sintomas devem ser imediatamente comunicados às autoridades de saúde brasileiras.

Falecimento de cidadão brasileiro 

Na infeliz ocorrência de falecimento de cidadão brasileiro no exterior, Repartições consulares do Brasil permanecerão à disposição para prestar a assistência cabível aos familiares. Recomenda-se que a família do cidadão brasileiro falecido contate a Embaixada ou o Consulado da jurisdição para orientações, por meio dos telefones regulares ou, se for o caso, do celular de plantão. Cabe aos familiares do falecido custear as despesas de traslado dos restos mortais ao Brasil, se for o caso. Mais informações estão disponíveis na seção Emergências

Rede de saúde          

A rede de saúde da Noruega está amplamente disponível pelo país e é de alta qualidade. No entanto, na região norte da Noruega, que conta com população remota e esparsa, atendimento médico pode ser limitado. Os serviços médicos para turistas não são gratuitos. Podem ser dispendiosos. Recomenda-se vir do Brasil sob cobertura de seguro de saúde. Para atendimento imediato, mas não para situações de emergência, existem postos de primeiros socorros (“legevakt”), localizadas na maior parte das comunidades.

Farmácias     

“Farmácia”, em língua norueguesa, se traduz por ”Apotek”. Em cada distrito sempre haverá uma ”Apotek” em plantão de atendimento. A programação do horário de abertura pode ser obtido em qualquer farmácia ou pelo telefone de auxílio à lista (número a discar: 180). A aquisição da maior parte dos medicamentos requer receita médica.
Farmácias com horários de funcionamento estendido, em Oslo:          

Jernbanetorvets Apotek- Jernbanetorget 4 B. Tel: +47 22 33 69 24. Aberta 24 horas por dia.       

Sagene Apotek- Grimstadgt. 21. Tel: +47 22 18 22 00.         

Sfinxen Apotek- Bogstadvn. 51. Tel: +47 22 46 34 44. Aberta até às 21:00 horas nas noites de semana e até às 20:00 horas aos domingos e feriados.

Contatos importantes           

Pronto-Socorro/Ambulância: 113

Serviço de emergência médica (“legevakt”) pode ser encontrado em Oslo, 24 horas por dia, 7 dias por semana em:  

Legevakten (Oslo Kommune): Storgt. 40, 0182 Oslo. Tel: +47 22 11 80 80

Oslo University Hospital (“universitetssykehus Oslo”), opera três hospitais em Oslo:    

Rikshospitalet - Sognsvannsveien 20, 0372 Oslo. Tel: +47 915 02770.           

Ullevål Universitssykehus - Ulleval, N-0407 Oslo. Tel: +47 23 01 68 00.       

Aker Universitetssykehus - Trondheimsveien 235, 0586 Oslo. Tel: 02770

Transportes

Infraestrutura de transportes         

A infraestrutura de transportes rodoviário, aéreo, ferroviário e marítimo, bem como de transportes públicos, de táxis e de aluguel de veículos pode ser bem diferente no destino escolhido, quando comparada à infraestrutura do Brasil, especialmente em regiões inóspitas. Antes de viajar, recomenda-se leitura detalhada das informações sobre meios de transporte no país escolhido, procurando, se necessário, dados adicionais. Em caso de dúvidas, a Embaixada ou Representação consular do Brasil poderá ser contatada. Outras informações podem ser obtidas, ainda, na página Carteira de Habilitação do Portal Consular.

Transporte a curta e longa distância          

Devido à baixa densidade populacional, pela forma estreita do seu território e pelo longo litoral, o transporte público na Noruega está menos desenvolvido do que em muitos países europeus, sobretudo fora das cidades. Como tal, a Noruega tem uma tradição antiga de transporte aquático, mas o Ministério dos Transportes e Comunicações tem implementado nos últimos anos os transportes ferroviário, rodoviário e aéreo através de numerosas filiais a fim de desenvolver infraestrutura do país.

A internet é a principal ferramenta de informação sobre o sistema de transporte. No sítio www.startsiden.no, ao clicar em “Reise” (viagem), tem-se acesso a links com informações sobre as rotas de ônibus (“buss”), barco (“cruise”) e aviões (“flyreiser”), vinculados a empresas e agências de viagem que operam na Noruega.

É possível obter descontos na compra de passagens de ônibus. Os estudantes recebem desconto tanto em ônibus como em aviões, barcos e trens. As escolas de ensino do idioma norueguês dão informações sobre esses benefícios. Para saber como chegar a algum lugar, que rota percorrer e qual o transporte mais adequado, deve-se consultar o sítio: www.rutebok.no.

Transporte aéreo     

A principal porta de entrada por via aérea para a Noruega é o Aeroporto Internacional de Oslo, localizado a cerca de 50 km ao norte de Oslo, com partida para maioria dos países europeus e alguns destinos intercontinentais. É um hub para as duas principais companhias aéreas norueguesas, a Scandinavian Airlines System e a Norwegian Air Shuttle, e para os aviões regionais da Noruega ocidental.

Transporte ferroviário         

O sítio da empresa de transporte ferroviário norueguesa “NSB” é: www.nsb.no. A empresa ruter trabalha em estreita colaboração com a NSB (Norwegian State Railways), garantindo que dentro da cidade limites, a rede ferroviária local está incluído no sistema mesma tarifa.

Transporte público   

O transporte público na Noruega é confiável, seguro e pontual, cobrindo grande parte do país.

"Trafikanten" oferece informações para o transporte público em Oslo. O escritório está localizado nos arredores de Oslo Central Station. Eles oferecem mapas gratuitos, informações e ingressos. Seu site também oferece horários, mapas e motores de busca para todos os transportes da cidade de Oslo e municípios próximos. O “Oslo Tourist Information Center” está no mesmo escritório.

Um único bilhete levará os viajantes de todas as formas de transporte e é válido por uma hora de viajar gratuitamente. Os bilhetes podem ser comprados na agência Trafikanten perto de Oslo S, Narvesen quiosque, 7-Eleven quiosque, Deli de Luca quiosque, máquinas em estações de metro e algumas paragens de eléctrico.

Taxis  

A maioria das empresas tem uma taxa fixa do aeroporto de Oslo o centro da cidade. Em média, esta deve ser NOK 900 – USS 150 antes das 05:00 e depois de NOK 1.200 – USS 200. O preço varia consoante a hora do dia, o número de passageiros e onde, em Oslo você estiver viajando de / para. Em seus deslocamentos, o turista deve optar por meios de transporte seguros: usar os serviços de táxis com agendamento por telefone ou os táxis recomendados pelos principais hotéis, evitando tomar taxis avulsos.  

Transporte rodoviário          

A condição das estradas norueguesas é excelente. As vias são bem iluminadas, suficientemente sinalizadas e têm boa manutenção. Recomenda-se atenção nas vias próximas às montanhas, que são estreitas e podem ser escorregadias no inverno. De novembro a abril, pode haver neves em grande parte das rodovias norueguesas, e o uso de pneus de inverno é obrigatório nesse período.   

Pedágio

Todo usuário das ruas e estradas norueguesas está obrigado a pagar pedágio. Na atualidade, a cobrança de pedágio é feita automaticamente tanto na entrada como na saída da zona urbana. A leitura é feita através da placa do carro, cujo proprietário registrado receberá a conta.

Multas           

A partir da primeira segunda-feira depois da Páscoa, é ilegal dirigir carros com pneus de inverno ou usar correntes nos pneus dos veículos automotores. Nas províncias de Nordland, Troms e Finnmark, essa proibição dura de 1.º de maio até 15 de outubro. Trafegar com velocidade superior à permitida no local não é tolerado e as multas são de custo elevado. Ultrapassar em 5 km/h a velocidade limite pode ocasionar uma multa superior a 500 NOK. Se o limite excedido for muito superior ao tolerado, a carteira de motorista pode ser cassada pela Polícia. Os valores das multas para os que estacionam de forma irregular ou em locais proibidos também são elevados. Dirigir sob o efeito de bebidas alcoólicas ou remédios é terminantemente vedado e a tolerância é zero. Nesses casos, o motorista perde a carteira de motorista e pode ser preso. Assim como no Brasil, o uso do cinto de segurança é obrigatório para todos os passageiros do carro.

Informações adicionais        

Para mais informações sobre o transporte na Noruega, é possível consultar o site http://www.visitoslo.com/en/transport/

Infraestrutura turística

Orientações gerais    

Ao planejar suas viagens, cidadãos brasileiros devem estar cientes de orientações básicas, válidas para todo tipo de viagem ao exterior, independentemente do país escolhido como destino. Recomenda-se, assim, a leitura cuidadosa das informações disponíveis em Orientações gerais para quem vai viajar ao exterior.

Infraestrutura turística        

A Noruega é um país altamente desenvolvido e com estabilidade política e econômica. Instalações turísticas estão amplamente disponíveis, mesmo no interior do país. O custo de vida, no entanto, é bem alto.               

Clima

O clima da Noruega pode ser oceânico, continental, subártico e alpino, com verões amenos e invernos longos e rigorosos, com ventos fortes e alta precipitação de neve; porém, diferentemente dos outros países escandinavos, uma grande faixa litorânea do país à beira do Mar do Norte e do Mar da Noruega é aquecida pela corrente atlântica , fazendo com que apresente-se mesmo no mês mais frio, janeiro, regiões com temperaturas médias superiores a 0 °C, sendo mais comum precipitações em forma de chuva do que neve, como é o caso de Bergen, que em janeiro registra médias em torno de 2 °C. Já as ilhas Lofoten apresentam a maior anomalia climática positiva no que diz respeito à latitude, entretanto, na fronteira com a Finlândia no condado de Finnmark, os termómetros podem registrar 40 °C negativos entre dezembro e março. A mais alta temperatura registrada no país foi 35.6 °C em Nesbyen, enquanto a mínima foi -51.4 °C em Karasjok.

Atrações turísticas   

São atrações turísticas da Noruega:    
a) Parque de Esculturas Vigeland- Famoso parque de Oslo, com 212 esculturas, em tamanho natural, retratando cenas da vida humana, executadas pelo escultor Gustav Vigeland.         
b) Galeria Nacional. Galeria de Arte com coleções de arte europeia e em particular norueguesa. Expõe o quadro “O Grito” de Edward Munch.     
c) Museu Fram. Exposição do barco de exploração polar Fram. Descreve as grandes viagens de exploração polar norueguesas.   
d) Caminho das Esculturas da colina Eckeberg. Visita ao ar livre de grande coleção de esculturas de tendência predominantemente contemporânea. Privilegiada vista da cidade de Oslo.      
e) Museu Munch. Museu onde se encontram expostas obras do pintor norueguês Edvard Munch, um dos artistas que mais influenciaram o expressionismo.          
f) Ópera de Oslo. Moderna sede da Ópera e do Balé Nacional da Noruega, situada em Bjørvika. A estrutura emerge do fiorde  e é revestida de mármore branco de Carrara e painéis de vidro. O visitante pode subir a seus terraços externos.           
g) Avenida Karl Johans. Principal via comercial de Oslo. Estende-se da Estação Ferroviária Central (Oslo Sentralstasjon) ao Palácio Real (Slottet). Ao longo desta avenida estão situadas a Catedral de Oslo (Oslo Domkirke), o Parlamento (Stortinget), o Teatro Nacional (Nationaltheatret), a Reitoria da Universidade de Oslo e o Grand Hotel.        
h) Aker Brygge. Área nobre de restaurantes e centro comercial onde se situavam os estaleiros da empresa Aker.      
i) Fortaleza de Akershus. Situada à margem do fjorde de Oslo, a fortaleza foiconstruída em 1290 para proteger a cidade.           
j) Museu Nobel. Exibição permanente da história do Prêmio Nobel da Paz e de seus laureados.        
k) Holmenkollen. Colina de Oslo onde se situam o Museu do Esqui, a principal rampa de competições de salto em esqui da cidade, restaurante com vista panorâmica e as pistas de esqui de Tryvann.     
l) Museu Viking de Oslo. Exposição de embarcações e artefatos da Era Viking.        
m) Outras sugetões: Museu Folclórico (coleção de construções tradicionais norueguesas, instaldas ao ar livre), Jardim Botânico de Oslo e Museu de História Natural, Museu Kon-Tiki, Museu de Ibsen (residência do teatrólogo Henrik Ibsen).

Estabelecimentos comerciais          

Não há especificamente um bairro comercial, pois as pessoas moram espalhadas pela cidade inclusive nas áreas comerciais. No centro de Oslo, principalmente na Karl  Johans Gate, é possível encontrar lojas de todos os tipos.

Opções de comércio

Opções de lojas e shoppings em Oslo podem ser encontradas em http://www.visitoslo.com/en/activities-and-attractions/shopping/clothes-shoes/ http://www.visitoslo.com/en/activities-and-attractions/shopping/shopping-centre/ e  http://www.visitoslo.com/en/activities-and-attractions/shopping/books-music/

Opções de lazer        

Opções de casas noturnas e bares em Oslo podem ser encontradas em http://www.visitoslo.com/en/restaurants-nightlife/e            http://www.visitoslo.com/en/whats-on/

Gastronomia

Opções de restaurantes em Oslo podem ser encontradas em http://www.visitoslo.com/en/activities-and-attractions/shopping/food-drinks/

Câmbio e moeda       

A moeda da Noruega é a coroa norueguesa (”Norske Kroner”) - símbolo NOK ou Kr, e o câmbio é de cerca de 1 US$ =  6,46  NOK (setembro de 2014).

Bancos

O sistema financeiro norueguês é similar ao do resto da Europa e do Brasil, no qual os bancos cobram taxas pelo uso de seus serviços, tanto nas agências quanto online. O horário de funcionamento dos bancos é das 8h15 às 15h30, podendo variar conforme a instituição bancária e a época do ano (inverno ou verão). O Banco Postal (“Postbanken”) funciona dentro das agências dos Correios e segue os horários de funcionamento destas.

Muitos bancos oferecem serviços online. Alguns bancos operam apenas online e não têm nenhuma agência física.

Caixas eletrônicos estão localizados por toda a cidade e aceitam uso de grande variedade de Cartões de Débito (olhar do lado de fora da máquina  pelos seus logotipos). Nos aeroportos, nas Estações de ferry boats e na Estação ferroviária Central de Oslo, você pode retirar tanto Coroas norueguesas como divisas estrangeiras.

Bancos estrangeiros com operação no Brasil operam, também, no país. Destaca-se, na Noruega, o Santander

Cartões de crédito e débito

As principais formas de pagamento utilizadas na Noruega são por meio dos cartões de crédito, débito automático em conta corrente ou uso de boleto de cobrança bancária (“bankgiro”).

Custo de vida            

O custo de vida da Noruega é um dos maiores do mundo. Os preços dos bens e serviços podem ser consideravelmente superiores aos preços de bens e produtos equivalentes no Brasil.       

Ligações internacionais       

Para ligações para o Brasil a partir da Noruega, deve-se discar 00 + 55 + código cidade + nº telefone. Para ligações para a Noruega a partir do Brasil, deve-se discar 00 + oper. + 47 + nº telefone

Pelo plano Brasil Direto, a Embratel oferece a possibilidade de que cidadãos brasileiros possam ligar para um número telefônico no Brasil a partir de telefone público, fixo ou celular no exterior. As ligações são pagas somente a partir do Brasil. Em caso de dúvidas, é possível contatar um telefonista da Embratel, que atende em português. Para mais informações sobre o plano Brasil Direto, inclusive sobre países de abrangência e valores, consulte o portal da Embratel, em http://portal.embratel.com.br/fazum21/brasil-direto/numeros-de-acesso/.

Comunicação e idiomas       

Apesar de a língua oficial do país ser o norueguês, a maioria das pessoas fala inglês, e turistas estrangeiros não devem ter dificuldades para comunicar-se na língua inglesa.

Informações adicionais        

Alimentação - http://www.visitoslo.com/en/activities-and-attractions/shopping/fooddrinks/      
Roupas e acessórios - http://www.visitoslo.com/en/activities-andattractions/shopping/clothes-shoes/  
Livros e música - http://www.visitoslo.com/en/activities-andattractions/shopping/books-music/           
Restaurantes e vida noturna - http://www.visitoslo.com/en/restaurants-nightlife/           
O que está acontecendo - http://www.visitoslo.com/en/whats-on/       
Mais informações sobre essas e outras atrações turísticas de Oslo podem ser obtidas no site www.visitoslo.com.

Costumes locais e legislações específicas

Legislação local

Durante sua estadia em outro país, cidadãos brasileiros estão sujeitos às leis locais, ainda que elas sejam bem diferentes da legislação do Brasil. Viajantes que desobedeçam às leis locais podem ser multados, processados ou presos. Recomenda-se que, antes de viajar, cidadãos brasileiros estudem a legislação e os costumes do destino escolhido, contatando, se necessário, a Embaixada ou Repartição consular do Brasil no exterior, em caso de dúvidas sobre questões pontuais.        

Questões de gênero   

Normas legais e/ou religiosas que regulam o direito das mulheres podem variar consideravelmente de país a país. Cidadãs brasileiras podem encontrar, em outros países, realidade completamente diferente daquela do Brasil. Recomenda-se que mulheres em viagens ao exterior leiam  detalhadamente as informações da página Mulheres em viagens ao exterior

Prisão de cidadão brasileiro             

Em caso de prisões envolvendo cidadãos brasileiros, os detidos têm o direito de contatar agentes consulares do Brasil para pedir assistência. Nesses casos, nacionais devem sempre requisitar às autoridades policiais locais que comuniquem a situação à Embaixada ou Repartição consular brasileira o mais rápido possível. O Posto esclarecerá ao brasileiro detido quais são seus direitos no país e prestará apoio para que sua integridade física e psicológica seja respeitada. Para mais informações, deve-se acessar a página Detenção no exterior. Em casos de detenção por tráfico de drogas, recomenda-se, ainda, a leitura do guia Detenção por tráfico de drogas no exterior.

Identificação 

Pela lei local, todos os cidadãos estrangeiros no país devem portar documento de identificação. Assim, recomenda-se que cidadãos brasileiros portem, a todo momento,  cópia do passaporte brasileiro, deixando o original em local seguro, para evitar perdas ou furtos.  Autoridades policiais podem requisitar, a qualquer momento, prova de identificação. Nessas ocasiões, cidadãos que não tenham em mãos documento de identidade estão sujeitos a multas, possíveis interrogatórios e, em casos mais graves, até detenção.

Particularidades culturais    

Não há registro de particularidades culturais que possam levar a situações constrangedoras ou de risco.

Sincretismo cultural

Compõem a população na Noruega os seguintes grupos étnicos: noruegueses 96,3%, dinamarqueses 0,4%, suecos 0,3%, ingleses 0,3%, paquistaneses 0,2%, americanos 0,2%.

Conduta social          

Algumas normas sociais norueguesas são muito diferentes das brasileiras e até mesmo de outros países europeus. Estar atento a essas regras não-escritas é útil para compreender como as pessoas se socializam – e também para evitar gafes.

Os noruegueses valorizam muito a pontualidade. Embora sejam poucos os contextos nos quais atrasos de  até 10 minutos sejam de fato inaceitáveis, fazer alguém esperar mais do que isso sem avisar é considerado grave falta de respeito.

O contato físico na Noruega é menos comum do que no Brasil. O cumprimento normal é o aperto de mão. Conhecidos, colegas de estudo ou trabalho não se cumprimentam com abraços ou beijos, que são reservados somente às amizades mais próximas e em ambientes informais.

Outra característica típica norueguesa é o planejamento antecipado. Festas e reuniões são planejadas antecipadamente, e viagens são marcadas com meses de antecedência. Visitas espontâneas e inesperadas não costumam ser bem-vindas, mesmo entre amigos próximos e familiares.

Svalbard        

O arquipélago de Svalbard, próximo à zona polar, é administrado pelo Governo norueguês, embora possua legislação própria. As nove ilhas do arquipélago, por exemplo, não são parte do Espaço Schengen, como a Noruega.

Lixo   

A coleta de lixo na Noruega é seletiva e varia conforme o município de residência. É importante informar-se a respeito junto à prefeitura e respeitar as normas ditadas. Os serviços de coleta de lixo prestados pela municipalidade são denominados “Renovasjon”. Em algumas localidades paga-se taxas por essas coletas, que incluem também o consumo de água e o uso de esgoto. Nem tudo o que é lixo pode ser colocado na lata de lixo. Por isso, em muitas localidades são oferecidos postos de coleta seletiva de lixo para objetos de metal, vidro, roupas, etc., em centros comerciais e outras vias de grande afluxo de pessoas. No caso de móveis, aparelhos domésticos, material de construção e outros objetos que demandem espaço, é necessário alugar um “trailer” ou “bilhenger” nos postos de gasolina e levar o lixo até o centro de coleta mais próximo.

Portadores de necessidades especiais ou com mobilidade reduzida        

Na Noruega, os direitos das pessoas com deficiência são protegidos por legislação. Os transportes públicos, as ruas e locais públicos  estão preparados para o acesso de cadeiras de rodas. Mais informações sobre o assunto podem ser acessadas no alerta Pessoas com deficiência em viagens ao exterior, como também no endereço http://www.regjeringen.no/upload/BLD/Nedsatt%20funksjonsevne/Norway%20universally%20designed%20by%202025-web.pdf

Tolerância LGBT     

Não há restrições legais a relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo ou à organização de eventos LGBT na Noruega. Similarmente, não há registro de discriminações e assédios contra cidadãos LGBT. Para mais informações, recomenda-se a leitura cuidadosa do aviso LGBT em viagens ao exterior.

Tolerância religiosa

A maioria dos noruegueses é batizada como membros da Igreja da Noruega (Igreja Luterana). Muitos permanecem na igreja do estado para usarem os serviços de batismo, crisma, casamento e funeral, ritos que têm forte legitimidade cultural na Noruega. Pouco mais de 10% da população do país não tem religião. Em 1 de janeiro de 2009, outros 9%, ou 431 000 pessoas, eram membros de comunidades religiosas independentes da Igreja da Noruega. Outras denominações cristãs totalizam cerca de 4,9% da população, a maior das quais é a Igreja Católica, que oficialmente contava com 57 348 membros em 2009. Outros incluem os pentecostais (39.600), a Igreja Luterana Evangélica Livre da Noruega (19.300), metodistas (11.000), batistas (9400), ortodoxos (7700), adventistas (5100), assírios e caldeus, e outros . As congregações luteranas sueca, finlandesa e islandesa na Noruega tem cerca de 22.500 membros no total. 

Entorpecentes

As penas para a posse, o uso e o tráfico de drogas são severas no país, e condenados por um desses crimes podem ser sentenciados a muitos anos de prisão e multas de alto valor. 

Penalidades que destoam das leis brasileiras

A Constituição Federal brasileira de 1988 proíbe a pena de morte (em tempos de paz), prisão perpétua, banimento, trabalhos forçados e quaisquer outras penalidades consideradas cruéis. Nessa linha, o Brasil é membro do Protocolo da Convenção Americana de Direitos Humanos para a Abolição da Pena de Morte (ratificado em 13 de agosto de 1996).

No ordenamento jurídico interno de outros países, as penalidades previstas podem ser bem distintas daquelas permitidas no Brasil. Recorda-se  que cidadãos brasileiros em viagem ao exterior estarão sujeitos às leis do país em que se encontram, podendo ser condenados, inclusive, a penas proibidas no Brasil. 

O ordenamento jurídico do país não contempla penas (pena de morte, prisão perpétua) e castigos que destoam marcadamente do ordenamento jurídico brasileiro.

Informações adicionais

IMPORTANTE: A relação de fontes para leitura adicional é meramente indicativa. O Itamaraty não se responsabiliza pelo conteúdo do material indicado.

 

Venture Norway - http://venturenorway.com/ebook/index.html#12/z

Guias da Noruega - http://www.lonelyplanet.com

Visitando a Noruega - http://www.visitnorway.com/

Onde ir - http://www.roughguides.com/destinations/europe/norway/

Fjord - http://www.fjordnorway.com/en/about-the-region/travel-guide/

Michelin's recommendations - http://travel.michelin.com/web/destination/Scandinavia-Norway

Travel guide - http://scandinavianbooks.com/travel/norway.html

 

Recomenda-se leitura da seção Guia de países para verificar se há mais informações sobre o destino escolhido.

 

Para informações sobre as relações diplomáticas do Brasil com a Noruega clique aqui.

Fim do conteúdo da página