Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Serra Leoa

Alertas para este país

Sem alertas para este país.

Informações básicas

Capital Freetown
Língua Inglês
Moeda Leone
Validade do passaporte Deve ser válido no momento de entrada(Recomendável: pelo menos 6 meses de validade)
Página do passaporte em branco Uma página é necessária
Visto de turista necessário Favor consultar a tabela disponível na seção Vistos.
Vacinações É exigido comprovante de vacina contra hepatite A e B, meningite e  febre tifóide
Restrições de moeda para entrar Valores superiores a US $ 10.000 não podem ser importados
Restrições de moeda para sair Não há

Recomendações de viagem

A recomendação de viagem do Ministério das Relações Exteriores considera o contexto de infraestrutura, segurança e saúde, bem como a situação geral do país escolhido como destino, avaliando os riscos potenciais de uma viagem a cidadãos brasileiros.

 

 

Viajar com precauções normais de segurança

X

Viajar com grau moderado de cautela

 

Viajar com alto grau de cautela

 

Evitar viagens não-essenciais  

 

Não viajar

 

Cidadãos brasileiros devem viajar a Serra Leoa com grau moderado de cautela. Para maiores informações, recomenda-se a cuidadosa leitura dos tópicos desta página.

Cidadãos brasileiros devem ter sempre as informações de contato da Embaixada do Brasil em Freetown, que, se necessário, poderá prestar assistência consular a nacionais em Serra Leoa.

A depender da natureza de sua solicitação, a melhor opção poderá ser entrar em contato com sua família, amigos, companhia aérea, agente de viagem, operador de turismo, empregador ou seguro de viagem em primeiro lugar. Os Postos com serviço consular estão a disposição para auxiliar em casos de maior complexidade. Acesse o Portal Consular para saber o que uma Repartição Consular pode ou não pode fazer por você.

Para assuntos graves e de natureza jurídica, recomenda-se entrar em contato, inicialmente, com as autoridades de polícia e/ou de saúde locais, a partir dos dados de contato informados nos tópicos "Segurança" e "Saúde" do Portal Consular. Caso necessário, a Rede Consular do Brasil poderá ser contatada.

Para solicitações fora do horário de expediente e casos de comprovada emergência, o plantão consular da Embaixada ou Consulado do Brasil poderá ser acionado. Contate a página Emergências do Portal Consular para maiores informações.

Rede Consular do Brasil

Recomenda-se que cidadãos brasileiros portem relação com os números de telefone da Embaixada e/ou do Consulado instalado na região em que pretende transitar ou permanecer. A assistência consular é um direito reconhecido por tratados internacionais, e o cidadão estrangeiro deve sempre exigir das autoridades locais a oportunidade de comunicar-se com Representação Diplomática de seu país. O Itamaraty recorda que a assistência consular prestada ao cidadão brasileiro é isenta de custos, embora não exista previsão legal para o custeio de despesas com, por exemplo, advogados e tratamento médico/hospitalar.

 

Embaixada do Brasil em Freetown

Endereço: 58 Sir Samuel Lewis Road, Flat 13, Aberdeen, Freetown, Sierra Leone
Telefones: +232 76 426685, +232 78 975729, +232 76 840167
Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Página no Facebook: www.facebook.com/BrazilFreetown/

 

 

Para saber o que uma Embaixada ou Consulado brasileiro pode e não pode fazer por você, clique aqui.

Em caso de morte de cidadão brasileiro no exterior, acidentes, inadmissões e demais emergências consulares, clique aqui.

Em caso de dúvidas, clique aqui.

Consulados Honorários do Brasil

Não há Consulado Honorário no país.

Comunidade brasileira e principais destinos

Comunidade brasileira

A comunidade brasileira em Serra Leoa é pequena, não chegando a cinco pessoas.

Principais destinos  

A maior cidade do país, a capital de Serra Leoa, Freetown, é o destino da maior parte dos visitantes estrangeiros e é pelo menos quatro vezes o tamanho de qualquer outra cidade no país. É também a que conta com a melhor infraestrutura. As principais cidades do país são: Bo, Kenema, Makeni e Koidu.

Entrada

O conteúdo a seguir está sujeito a mudanças e pode não ter as informações completas que assegurem a entrada no país escolhido. Para mais informações, recomenda-se a leitura completa das páginas do Portal Consular, incluindo os alertas migratórios e a seção Vistos. Recomenda-se, ainda, que, antes de viajar, cidadãos brasileiros contatem uma Embaixada ou Consulado do país escolhido como destino para certificar-se dos requisitos de visto e entrada e permanência.

Inadmissões de cidadãos brasileiros

A prerrogativa de cada país de determinar quem pode ou não entrar em seu território é decisão soberana de cada Estado. O Governo do Brasil não poderá intervir a favor de cidadãos brasileiros não admitidos por não terem cumprido os requerimentos de entrada.

O Ministério das Relações Exteriores tem mantido contatos sistemáticos com autoridades estrangeiras, no sentido de sensibilizá-las sobre a necessidade de adoção de critérios claros na política de controle migratório, de maneira a serem evitados comportamentos que possam ser interpretados como discriminatórios ou que atentem contra a dignidade e moralidade dos indivíduos.

Recomenda-se a leitura da seção Inadmissões/deportações de cidadãos brasileiros para mais informações.

Febre amarela          

A febre amarela é considerada endêmica no Brasil. Por isso, alguns países podem exigir de cidadãos brasileiros comprovante de vacinação contra a doença. Mais informações sobre o assunto e outras vacinas eventualmente necessárias podem ser encontradas no tópico Saúde do viajante.

Visto

Favor consultar a tabela disponível na seção Vistos.

Vacinação

Todos os viajantes devem apresentar comprovante de vacinação contra febre amarela para entrada em Serra Leoa. Muitos viajantes optam pela imunização contra Hepatite (A e B), Febre Tifóide, Raiva e Cólera, embora não sejam obrigatórias para entrada no país. É aconselhável consultar as autoridades sanitárias brasileiras sobre vacinas adicionais recomendáveis para Serra Leoa.

Entrada de menores             

Em esforços para prevenir sequestro internacional de menores, alguns Governos estrangeiros começaram a verificar o status de menores em pontos de entrada do país. Essas verificações frequentemente incluem exigência de documentos que comprovem a relação do menor com a pessoa que o estiver acompanhando e autorização de viagem,  por escrito,  do genitor ausente. Caso um dos genitores tenha falecido, é necessário portar cópia do certificado de óbito. Recomenda-se leitura da seção Guia de países para verificar se há mais informações sobre o destino escolhido.

Saída de menores     

Crianças cujo pai tenha nacionalidade local podem ter dificuldade para sair do país sem a autorização paterna. Mesmo que a criança tenha passaporte brasileiro e/ou tenha mãe e pai brasileiros, a lei local estipula que o pai deverá autorizar previamente a viagem para que a criança possa sair do país. A norma é válida para todos os casos, incluindo situações em que a mãe tenha guarda exclusiva da criança.

Vacinação     

Na entrada do país, é preciso apresentar Certificado Internacional de Vacinas que ateste vacina contra febre amarela. É aconselhável consultar as autoridades sanitárias brasileiras sobre vacinas adicionais recomendáveis para Serra Leoa. Vacinas eventualmente não disponíveis no Brasil podem ser adquiridas em: "Berkeley Travel Clinic 32, Berkeley St. London, WIJ 8EL, próximo à estação de metro de "Green Park". Tel: 020 7629 6222, aberto das 10h00min- 15.00, inclusive sábado. É necessário marcar consulta.

Restrições alfandegárias     

As autoridades alfandegárias de Serra Leoa controlam tanto a entrada quanto a saída de quaisquer minerais preciosos, como diamantes e ouro. Todos os recursos minerais do país pertencem ao Estado, e apenas o Governo de Serra Leoa pode emitir licenças de exportação. Caso encontrado com algum mineral precioso, o cidadão brasileiro poderá ser multado e ter o mineral em questão confiscado pelas autoridades locais.

Porte de dinheiro    

Quantias acima de 10.000 dólares devem entrar no país apenas via instituições financeiras. Cidadãos com porte desses valores poderá ser multado e ter o dinheiro confiscado pelas autoridades locais.

Dupla nacionalidade           

O país permite a dupla nacionalidade. Destaca-se, no entanto, que, no Brasil, nacionais devem entrar e sair portando passaporte brasileiro. Assim, cidadãos com dupla nacionalidade devem viajar necessariamente com o passaporte brasileiro. Mais informações estão disponíveis no aviso Brasileiros com dupla nacionalidade.

Permanência

Imigração irregular

Assistência consular é prestada a todos os cidadãos brasileiros no exterior, independentemente de sua situação migratória. No entanto, o Governo brasileiro recomenda fortemente que nacionais do Brasil no exterior busquem sempre estar em situação migratória regular. A legislação de determinados países pode punir a imigração irregular de maneiras severas, prevendo multas de valor expressivo e, em alguns casos, detenção. Recomenda-se, nesse sentido, a leitura detalhada das informações publicadas na seção Imigrar para outros países.

Estudantes brasileiros no exterior  

Cidadãos que pretendem viajar ao exterior para estudar devem atentar-se à necessidade de planejar cuidadosamente sua estadia, especialmente se for a primeira vez que realizam viagem internacional. Devem solicitar visto à Embaixada do país com a devida antecedência; pesquisar e conhecer a realidade do país e da cidade onde pretendem estudar, em particular sobre seu sistema de ensino; conhecer os costumes locais; ter domínio do  idioma do ensino e verificar antes com as autoridades competentes do Ministério da Educação do Brasil e das universidades federais sobre os procedimentos para efetuar a revalidação de seus estudos e diplomas no Brasil. Antes de viajar, recomenda-se anotar os números de contato da Embaixada ou Consulado do Brasil mais próximo, em caso de necessidade, e efetuar sua matrícula consular na Representação brasileira, para que possa entrar em contato em caso de emergências.  Se tiver de usar medicamentos para condição de saúde ou enfermidade, deve-se verificar se a receita médica será válida no país de estudo ou quais seriam as exigências para receber receita médica no local. Mais informações estão disponíveis na seção Estudar em outros países.

Trabalhar no exterior           

Modelos, jogadores/técnicos de futebol e outros profissionais brasileiros que pretendem trabalhar no exterior devem ler cuidadosamente a cartilha Orientações para o Trabalho no Exterior, elaborada para ajudar cidadãos brasileiros que pretendem trabalhar no exterior. Recomenda-se vivamente que a leitura seja feita antes da assinatura de qualquer contrato de trabalho com clube, empresa ou representação estrangeira.

Para prazos de estadia em Serra Leoa superior a trinta dias, é necessário visitar o Departamento de Imigração local, "Immigration Department", Raudon St. O serviço é gratuito mediante carta de recomendação (na ausência de carta, taxa variável deverá ser paga às autoridades locais).

Segurança

Crimes, com diferentes graus de violência, ocorrem em qualquer lugar do mundo. Durante viagens ao exterior, cidadãos brasileiros devem permanecer atentos e ter sempre cautela, independentemente do destino escolhido. A maior parte dos crimes não violentos, como furtos e roubos, pode ser evitada tomando-se precauções normais de segurança, com atenção redobrada a pertences pessoais e a movimentações estranhas em lugares públicos, por exemplo. Em caso de ocorrência de crimes com vítimas, cidadãos brasileiros devem contatar imediatamente as autoridades policiais locais e a  Embaixada ou Repartição consular do Brasil mais próxima. Para mais informações, pode-se acessar a informação Segurança do viajante.

Perda de documentos brasileiros    

No exterior, cidadãos brasileiros devem ter sempre o máximo de cuidado com seu passaporte brasileiro e seguir todas as orientações escritas nas páginas do documento de viagem. Durante a viagem, recomenda-se manter cópia autenticada de documento de identidade e de certidão de nascimento, além de cópia simples do passaporte em local seguro. A posse dessas cópias facilitará a emissão de novo passaporte, em caso de perda ou furto dos documentos originais. Cidadãos que estejam em retorno ao Brasil podem solicitar Autorização de Retorno ao Brasil (ARB), cuja emissão é mais rápida e mais barata que um novo passaporte, sob determinadas condições. Em caso de dúvidas, recomenda-se a leitura das informações da seção Perda de documentos brasileiros no exterior e, para saber sobre emissão de documentos brasileiros no exterior, pode-se consultar a página Emissão de documentos no exterior.

Vítimas  de crimes     

Providências que o cidadão brasileiro deve tomar caso seja vítima de algum crime:

a) consultar um médico, se necessário;

b) dirigir-se imediatamente à autoridade policial mais próxima e registrar boletim de ocorrência, com as seguintes informações: data, local e hora do incidente, perdas materiais e lesões corporais da agressão ou crime (fornecendo todos os elementos úteis ao inquérito); descrição física do autor, tipo e cores de vestimenta, sinais particulares, modelo, cor e número de placa do automóvel, se for o caso;

c) informar Representação diplomática ou Repartição consular do Brasil sobre sua situação.

ALERTA DE VIAGEM

Tendo em conta a realidade do país, recomenda-se que cidadãos brasileiros evitem viagens não-essenciais a Serra Leoa. Cidadãos brasileiros no país deverão permanecer em território serra-leonês pelo mínimo de tempo necessário.

Cidadãos brasileiros em Serra Leoa devem manter contato permanente com a Embaixada do Brasil em Freetown, ter seus documentos de viagem sempre atualizados e deixar o país o mais rápido possível.

Segurança pública

Crimes não-violentos são frequentes em Serra Leoa. Já registros de crimes violentos são raros. Golpes e fraudes de todos os tipos também são comuns no país. O viajante deve ter especial precaução com seus pertences no trajeto entre o aeroporto e a cidade de Freetown, principalmente se optar pelo ferry em vez dos barcos de passageiros que fazem a travessia. Podem ocorrer distúrbios e violência durante períodos de relativa instabilidade política, como os meses que antecedem eleições no país. Recomenda-se ao cidadão brasileiro que evite comparecer a manifestações e protestos e que se afaste da área caso perceba a aproximação ou aglomeração de grupos envolvidos em atividades políticas.

Corrupção     

Caso cidadão brasileiro seja vítima de crimes dessa natureza, recomenda-se que a Embaixada brasileira seja imediatamente notificada com vistas a que sejam acionadas as autoridades locais para denúncia e apuramento da situação.

Guerra civil   

A guerra civil em Serra Leoa terminou em 2002, e o país começa a apresentar sinais de melhora. Efeitos da guerra civil, no entanto, ainda podem ser sentidos por turistas brasileiros, que podem observar embates entre grupos e facções ou falhas nos sistemas de infraestrutura, telecomunicações e serviços, abalados durante o conflito.  

Fraudes e golpes eletrônicos           

As Embaixadas e Consulados do Brasil na África, sobretudo na África Ocidental, têm recebido, com certa frequência, denúncias de golpes financeiros pela internet aplicados por cidadãos de países daquela região. Sobre o assunto, o Ministério das Relações Exteriores divulgou o alerta Golpes pela internet. Recomenda-se leitura cuidadosa das informações do aviso.

Já foram registradas fraudes envolvendo cidadãos de Serra Leoa e vítimas estrangeiras que desejam investir no mercado de mineração. As vítimas são solicitadas a efetuar transferências monetárias, via eletrônica, para as contas bancárias dos locais. É praticamente impossível recuperar o dinheiro perdido nesses golpes. Aconselha-se que cidadãos brasileiros procurem a Embaixada do Brasil em Freetown caso estejam em qualquer situação correlata.

Terrorismo

O risco de atentados terroristas em Serra Leoa é reduzido, mas o país pode se tornar alvo de organizações como a Al- Qaeda por sua participação na Missão da ONU no Mali (MINUSMA). Para mais informações sobre atentados terroristas, recomenda-se seguir cuidadosamente as instruções contidas no guia Atentados terroristas no exterior.

Invasão de domicílios           

Invasões de residências, sobretudo de estrangeiros, são comuns em Serra Leoa. A maioria das invasões são organizadas por grupos de locais armados. Tais ocasiões podem resultar em situações potencialmente violentas.  

Indústria de diamantes                    

Devido à descoberta de diamantes em Serra Leoa, há presença de zonas de diversas extração no país. O centro de compra e venda de diamantes encontra-se na cidade de Kenema, a terceira maior do país.

Manifestações contrárias à indústria de diamantes, que teria afetado fortemente a agricultura e a indústria madeireira do país, são frequentes. Cidadãos brasileiros devem evitar áreas em que estejam ocorrendo tais protestos.

Afirma-se, ainda, que ocorra tráfico em diamantes aluvias, o que aumenta a violência na indústria de diamantes. Além disso, o dinheiro gerado por tal indústria contribuiria, em parte, para aquisição de armamentos sofisticados por grupos que participam de guerra civil no país.

Pedágios       

Em estradas fora da capital, turistas podem ser confrontados com grupos de locais, provavelmente armados, que bloqueiam o trânsito e exigem dinheiro para liberação do fluxo. Tais grupos não são autorizados pelo Governo local e a comunicação com os locais pode ser difícil, já que muitos falam outros idiomas que não o inglês. 

Aeroporto      

O aeroporto de Freetown encontra-se em província separada da capital por trecho de mar. Tanto o aeroporto quanto os barcos que transportam passageiros até Freetown são considerados perigosos. Os voos internacionais chegam à noite, aumentando os riscos para os turistas. Especial cuidado é necessário para evitar o furto de malas, inclusive de mão, assim como objetos pessoais. Assaltos são comuns também dentro das embarcações. Após o desembarque, viajantes devem seguir, ainda, um percurso por terra de 194 quilômetros, também considerado como perigoso (há risco de assaltos e crimes violentos).       

Assédio sexual e crimes contra a mulher  

Denúncias de assédio sexual são comuns no país. Mulheres devem evitar andar sozinhas pelo país, especialmente durante a noite e/ou em áreas isoladas. Mais informações estão disponíveis no aviso Mulheres em viagens ao exterior.

Tráfico de pessoas   

A polícia brasileira, em cooperação com autoridades policiais de outros países e da INTERPOL, segue investigando casos de tráfico de mulheres envolvendo nacionais do Brasil. O Governo brasileiro preparou uma cartilha sobre o tema, para a difusão de informação sobre esse tipo de crime, com intuito de prevenir potenciais vítimas. Mais informações podem ser encontradas no Guia de Atuação no Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.

Caso seja vítima ou tenha alguma informação sobre eventual caso de tráfico internacional de pessoas envolvendo cidadão ou cidadã brasileira, recomenda-se fortemente que procure a Representação consular, para relatar o caso e receber orientações. Os dados serão tratados com a devida confidencialidade. Mais informações estão disponíveis em http://www.justica.gov.br/sua-protecao/trafico-de-pessoas

Saúde

A situação geral de saúde em outros países pode ser bem diferente daquela do Brasil. Cidadãos estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita em grande número de países. Recomenda-se vivamente que viajantes brasileiros sempre contratem seguro internacional de saúde adequado, mesmo que tal documento não seja exigido pelas autoridades migratórias locais. O Ministério das Relações Exteriores não poderá se responsabilizar por despesas médicas de brasileiros no exterior.

Antes de viajar, nacionais brasileiros devem certificar-se de sua saúde física, tomando as vacinas indicadas para o destino escolhido. Vacinas contra difteria, tétano, hepatite B, sarampo, caxumba, rubéola e tuberculose são recomendadas para todo tipo de viagem. Em caso de dúvidas, o Ministério da Saúde poderá ser consultado.

Para obter informações sobre surtos de doenças infecciosas no exterior, é importante consultar o sítio da Organização Mundial da Saúde (OMS), que contém dados detalhados sobre a situação específica de saúde de cada país.

Ao retornar de países com ocorrência de endemias, quaisquer sintomas devem ser imediatamente comunicados às autoridades de saúde brasileiras.

Falecimento de cidadão brasileiro  

Na infeliz ocorrência de falecimento de cidadão brasileiro no exterior, Repartições consulares do Brasil permanecerão à disposição para prestar a assistência cabível aos familiares. Recomenda-se que a família do cidadão brasileiro falecido contate a Embaixada ou o Consulado da jurisdição para orientações, por meio dos telefones regulares ou, se for o caso, do celular de plantão. Cabe aos familiares do falecido custear as despesas de traslado dos restos mortais ao Brasil, se for o caso. Mais informações estão disponíveis na seção Emergências.            

Água
Recomenda-se consumir apenas água engarrafada, bem como evitar o consumo de gelo em bares e restaurantes.

Rede de saúde

Serra Leoa não dispõe de grande estrutura médico-hospitalar, não existindo serviços de pronto socorro fora da capital. Em Freetown, recomendam-se os hospitais Connaught Hospital, Lightfoot Boston St. Freetown e o Choithram Memorial Hospital Hill Station, a única instituição médica no país que apresenta aparelho de tomografia, raio-X, ultrassom e oxigênio

Condições médicas sérias exigem, portanto, a retirada do estrangeiro do país, por vezes em avião ambulância, devidamente equipado e tripulado por médicos e/ou paramédicos para administração de primeiros socorros. Cidadãos brasileiros devem certificar-se de contratar seguro de saúde internacional que custeie essas despesas de evacuação, que podem custar valores expressivos.

A África do Sul oferece o "S.O.S. Internacional" (International SOS Assistance (Pty) Ltd Stand 72 (adjoining Grand Central Airport), New Road Midrand 1685 Johannesburg, South Africa South Africa , Admin Tel: +27 11 541 1000 Admin Fax: +27 11 541 1059/60) pela o qual se pode fazer seguro de evacuação médica.

Recorda-se que aviões de carreira recusam-se a transportar pacientes com graves doenças infeciosas e dificilmente concordam em fazer modificações nas suas configurações de assentos para o traslado de pacientes que precisam ser imobilizados.

Malária         

Serra Leoa é considerada região endêmica para malária, inclusive do tipo falciparum (cerebral). Recomenda-se que, antes de viajar, cidadãos brasileiros se informem sobre meios de prevenção da doença.

AIDS

Cerca de 1,5% da população de Serra Leoa está contaminada com o vírus HIV. Recorda-se a cidadãos brasileiros a importância da adoção de medidas de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis. Para mais informações, o Departamento de DST, AIDS e Hepatites Virais do Ministério da Saúde (http:www.aids.gov.br/) poderá ser consultado.

Ebola

Serra Leoa foi um dos países afetados pelo surto de febre hemorrágica ebola de 2015-2016. Não há registro de novos casos desde março de 2016.

Vermes e parasitas

Precauções especiais se fazem necessárias contra os múltiplos vermes e parasitas presentes no país e que infectam seres humanos. Infecções no país se desenvolvem com rapidez.

Raiva             

Casos de raiva foram reportados no país, sobretudo nas áreas rurais ou remotas, onde há mais exposições a animais como morcegos e outros mamíferos. Mesmo nas áreas urbanas, todavia, cães podem transmitir a doença e quaisquer mordidas ou arranhões devem ser imediatamente lavados com sabão e água e atendimento médico deverá ser procurado com a máxima urgência. Recomenda-se que cidadãos brasileiros vacinem-se contra raiva antes de sua viagem.

Endemias em geral

Estima-se que até cinquenta por cento da população seja portadora, em forma latente, de doenças como febre tifoide e paratifoide, tuberculose, meningite, hepatite A e B, elefantíase, dengue, cegueira do rio e malária (inclusive malária cerebral). Cuidados especiais são necessários na área de saúde para evitar acidentes devido à precária infraestrutura do país.

Transportes

Infraestrutura de transportes          

A infraestrutura de transportes rodoviário, aéreo, ferroviário e marítimo, bem como de transportes públicos, de táxis e de aluguel de veículos pode ser bem diferente no destino escolhido, quando comparada à infraestrutura do Brasil, especialmente em regiões inóspitas. Antes de viajar, recomenda-se leitura detalhada das informações sobre meios de transporte no país escolhido, procurando, se necessário, dados adicionais. Em caso de dúvidas, a Embaixada ou Representação consular do Brasil poderá ser contatada. Outras informações podem ser obtidas, ainda, na página Carteira de Habilitação do Portal Consular.

Transporte aéreo

O Aeroporto Internacional que serve Freetown encontra-se na cidade de Lungi, na costa da Província Norte. As seguintes empresas atualmente operam voos regulares no aeroporto:
-Air France - KLM
-Air Côte d`Ivoire
-Brussels Airlines
-Kenya Airways
-Royal Air Maroc
A travessia do estuário entre Lungi e Freetown é normalmente feita em barcos. As empresas de navegação que prestam o serviço de travessia operam embarcações seguras, e há disponibilidade de coletes salva-vidas para todos os passageiros. Recomenda-se atenção à bagagem de mão trazida a bordo. A bagagem principal dos passageiros é muitas vezes conduzida em outra embarcação, de modo que se recomenda transportar valores e itens valiosos na bagagem de mão. Em caso de acidente, as empresas contam, no entanto, com limitada capacidade de resgate. Não é recomendável a utilização do ferry entre as duas cidades. As embarcações são precárias e não contam com material de salvatagem suficiente e/ou adequado. Por terra, o traslado do aeroporto a Freetown leva de 3 a 5 horas, devido à distância e às condições das estradas.

 

Transporte marítimo

Barcos e navios no país (inclusive aqueles que transportam cidadãos do aeroporto para a capital) sofrem, com certa frequência, acidentes sérios. Situações como quebra do casco ao meio, incêndios e falta de combustível para completar a viagem são graves e resultam na morte de passageiros. Já os "ferries" ou embarcações de maior porte que transportam automóveis, todos condenados pela Organização Marítima  Internacional como impróprios para navegação, não possuem propulsão própria, sendo impulsionados por motor retirado de tratores "Caterpeiller", o que torna o percurso sobremaneira longo. Nenhum possui qualquer equipamento de navegação como radar, luzes de auxílio à navegação ou salva vidas.

Transporte rodoviário

O país conta com poucas rodovias em boas condições de uso. Na maioria das estradas, a sinalização é deficiente. É comum o tráfego de pedestres, ciclistas e animais na via. Regras de trânsito nem sempre são cumpridas; é relativamente comum, por exemplo, avistar veículos sendo conduzidos na contra-mão, inclusive em vias de pista dupla. As condições de manutenção dos veículos são muitas vezes precárias; verifique o veículo colocado à sua disposição antes de embarcar. Não há serviço de regaste de urgência/emergência nas estradas. O acesso à rede de telefonia celular pode ser difícil fora de Freetown.

Táxis  

Em seus deslocamentos, o turista deve optar por meios de transporte seguros: usar os serviços de táxis com agendamento por telefone ou os táxis recomendados pelos principais hotéis, evitando tomar táxis avulsos.

Os táxis avulsos normalmente são compartilhados. Se for necessária sua utilização, é possível negociar com o condutor uma tarifa para que ele não apanhe outros passageiros.

Manutenção

Os meios de transporte deixam de funcionar, de tempo em tempo, devido à falta de manutenção. Recomenda-se verificar o efetivo funcionamento do sistema de transportes do país, caso seja necessário utilizá-los.

Infraestrutura turística

Orientações gerais   

Ao planejar suas viagens, cidadãos brasileiros devem estar cientes de orientações básicas, válidas para todo tipo de viagem ao exterior, independentemente do país escolhido como destino. Recomenda-se, assim, a leitura cuidadosa das informações disponíveis em Orientações gerais para quem vai viajar ao exterior.

Atrações turísticas

O país possui praias, montanhas e biodiversidade. O Oeste de Serra Leoa é conhecido por sua biodiversidade biológica e é o berço dos cristãs anglófilos que lá se estabeleceram. A província do Sul do país é habitada principalmente pelas etnias Mende, Limbas e Sherbas, e é destinada à agricultura. Já a Província do Leste é o centro de mineração da pedra preciosa pela qual Serra Leoa se tornou internacionalmente conhecida - o diamante.

Roteiro turístico       

Viagens pelo país são desaconselhadas, devido à precariedade da infraestrutura. Cidadãos brasileiros devem evitar viagens pelo país, visto baixas padrões de higiene e pobre infraestrutura e graves riscos à segurança. Na capital, as condições de turismo são precárias e insuficientes. No interior do país, a infraestrutura turística é rudimentar ou inexistente.

Eletricidade

A falta de luz no país deixa Serra Leoa permanentemente às escuras, à noite, exacerbando os riscos de assalto e contribui para o elevado custo de vida. Consequentemente, torna-se necessário a aquisição de gerador para o fornecimento de eletricidade doméstica.

Fornecimento de água

A rede de fornecimento de água pública não funciona, o que obriga o uso de caminhões pipa para o abastecimento residencial. Além do preço elevado, os poucos caminhões pipa disponíveis, entram em pane com frequência ocasionando, por vezes, a falta completa de água nas residências por períodos de tempo prolongados.

Sistema de telecomunicações

O serviço de telefonia fixa foi destruído durante a guerra civil e nunca reparado; a telefonia celular opera apenas de forma precária. No aeroporto pode-se adquirir chips  para aparelhos celulares. O serviço de internet de Serra Leoa é considerado um dos piores e mais onerosos do mundo. Não há serviço postal. Enviar uma carta ao Brasil pode custar, portanto, cerca de duzentos dólares norte-americanos.

Cartões de crédito e débito e câmbio         

Estabelecimentos comerciais no país, de forma geral, aceitam apenas dinheiro. Há poucos caixas eletrônicos na capital. Há casas de câmbio no aeroporto e na cidade. Alguns restaurantes e supermercados aceitam dólares (o troco é dado em moeda local); essa prática, porém, está em desacordo com a legislação local. Recomenda-se evitar fazer operações de câmbio nas ruas.

Comunicação e idiomas     

O inglês é a língua oficial de Serra Leoa. Há, no entanto, diversos outros idiomas e dialetos em uso no país. Os principais são Krio, Mende e Temne. Em Freetown, é possível a comunicação em inglês. No interior do país, o uso do idioma inglês é menos difundido.

Hospedagem

Freetown conta com hotéis de diversas categorias. A rede hoteleira no interior do país é mais limitada, em quantidade e qualidade. É possível realizar reservas pela internet nos principais hotéis do país utilizando serviços como booking.com ou tripadvisor.com.

Eletricidade

São frequentes as interrupções no fornecimento de energia elétrica no país. A maioria dos hotéis conta com geradores e/ou fontes alternativas de energia.

Clima

As estações do ano em Serra Leoa são apenas duas: seca (de outubro/novembro a abril/maio) e chuvosa (de abril/maio a outubro/novembro). Na maior parte do território, as temperaturas variam entre 27 e 35 graus. Durante a estação chuvosa, especialmente em julho e agosto, a intensidade e frequência das chuvas acarretam significativa redução no ritmo das atividades no país. A maioria dos expatriados, por exemplo, aproveita para ausentar-se em férias.

 

Costumes locais e legislações específicas

Legislação local         

Durante sua estadia em outro país, cidadãos brasileiros estão sujeitos às leis locais, ainda que elas sejam bem diferentes da legislação do Brasil. Viajantes que desobedeçam às leis locais podem ser multados, processados ou presos. Recomenda-se que, antes de viajar, cidadãos brasileiros estudem a legislação e os costumes do destino escolhido, contatando, se necessário, a Embaixada ou Repartição consular do Brasil no exterior, em caso de dúvidas sobre questões pontuais.             

Questões de gênero

Normas legais e/ou religiosas que regulam o direito das mulheres podem variar consideravelmente de país a país. Cidadãs brasileiras podem encontrar, em outros países, realidade completamente diferente daquela do Brasil. Recomenda-se que mulheres em viagens ao exterior leiam  detalhadamente as informações da página Mulheres em viagens ao exterior

Prisão de cidadão brasileiro              

Em caso de prisões envolvendo cidadãos brasileiros, os detidos têm o direito de contatar agentes consulares do Brasil para pedir assistência. Nesses casos, nacionais devem sempre requisitar às autoridades policiais locais que comuniquem a situação à Embaixada ou Repartição consular brasileira o mais rápido possível. O Posto esclarecerá ao brasileiro detido quais são seus direitos no país e prestará apoio para que sua integridade física e psicológica seja respeitada. Para mais informações, deve-se acessar a página Detenção no exterior. Em casos de detenção por tráfico de drogas, recomenda-se, ainda, a leitura do guia Detenção por tráfico de drogas no exterior.

Identificação

Pela lei local, todos os cidadãos estrangeiros no país devem portar documento de identificação. Assim, recomenda-se que cidadãos brasileiros portem, a todo momento, cópia do passaporte brasileiro, deixando o original em local seguro, para evitar perdas ou furtos. Autoridades policiais podem requisitar, a qualquer momento, prova de identificação. Nessas ocasiões, cidadãos que não tenham em mãos documento de identidade estão sujeitos a multas, possíveis interrogatórios e, em casos mais graves, até detenção.

Respeito às leis locais

Reforça-se ao turista brasileiro a importância de que as leis locais sejam estritamente seguidas durante a permanência no país. Desobediência aos valores islâmicos, incluindo os mais conservadores, e qualquer crítica pública ao Governo, à religião ou aos costumes podem gerar deportação e, mesmo, prisão.

Sincretismo cultural

Serra Leoa engloba pelo menos 16 grupos étnicos distintos. Historicamente o país tem sido sujeito a ondas de invasões por parte de estrangeiros; de modo geral este processo tem resultado em diversos graus de assimilação. As principais etnias do país incluem: Krios que, conforme mencionado, desfrutaram de muito poder durante o período antes da independência e encontram suas raízes entre os negros que regressaram à África durante o século dezoito; os Mende, a maior etnia, constituem aproximadamente um terço da população; os Temne predominam no Norte de e encontram suas raízes na Guiné; Fula – estão espalhados por toda a África Ocidental e são conhecidos por sua habilidade no comércio; entre outros grupos podem-se citar os Kuranko que constituem aproximadamente 3% da população e vieram da Guiné; também os Susu, Yalunka, Mandingo, Loko, Kono e Vai. Ademais se pode mencionar os Kisi, os Gola e uma comunidade de aproximadamente dez mil libaneses que hoje, junto com uma pequena comunidade indiana dominam o comércio em Freetown.

Ramadã         

Durante o mês santo do Ramadã, muçulmanos jejuam do nascer ao pôr do sol. Comer, beber, fumar, tocar música alta e dançar em locais públicos (fora dos horários apropriados) é punível por lei, inclusive para os não-muçulmanos. As datas exatas do Ramadã seguem um calendário lunar e mudam a cada ano.

Fotografias

Viajantes devem obter permissão oficial para fotografar prédios públicos, aeroportos, pontes ou mesmo construções oficiais, incluindo a Embaixada brasileira. Áreas onde fotografia é proibida podem não estar claramente demarcadas ou definidas. Por questões religiosas, cidadãos podem não querer ser fotogrados.

Tolerância LGBT     

A legislação local trata como crime as relações homossexuais. Demonstrações públicas de afeto entre casais do mesmo sexo devem ser evitadas. Para mais informações, recomenda-se a leitura cuidadosa do aviso LGBT em viagens ao exterior.

Portadores de necessidades especiais ou com mobilidade reduzida      

A lei local não proíbe discriminação contra pessoas com mobilidade reduzida e não oferece proteção específica a essas pessoas. Não há facilidades de acesso ou projeto de acessibilidade nos prédios governamentais. Para mais informações, recomenda-se a leitura da página Pessoas com deficiência em viagens ao exterior.

Penalidades que destoam das leis brasileiras

A Constituição Federal brasileira de 1988 proíbe a pena de morte (em tempos de paz), prisão perpétua, banimento, trabalhos forçados e quaisquer outras penalidades consideradas cruéis. Nessa linha, o Brasil é membro do Protocolo da Convenção Americana de Direitos Humanos para a Abolição da Pena de Morte (ratificado em 13 de agosto de 1996).

No ordenamento jurídico interno de outros países, as penalidades previstas podem ser bem distintas daquelas permitidas no Brasil. Recorda-se  que cidadãos brasileiros em viagem ao exterior estarão sujeitos às leis do país em que se encontram, podendo ser condenados, inclusive, a penas proibidas no Brasil. 

Pena de morte

Está prevista a pena de morte no país. Aplica-se, segundo a legislação,  nos casos de traição à pátria, tentativa de golpe de estado e assasinato.

Castigos corporais

A lei local não proíbe castigos corporais, aplicáveis  em casos de tentativa de golpe de estado.

Informações adicionais

IMPORTANTE: A relação de fontes para leitura adicional é meramente indicativa. O Itamaraty não se responsabiliza pelo conteúdo do material indicado.

 

Guias internacionais

Sierra Leone, the Bradt Travel Guide, Katrina Manson & James Knight

A Long Way Gone: Memoirs of a Boy Solder by Ishmael Beah

The War Machines: Young Men and Violence in Sierra Leone and Liberia by Danny Hoffman

From SAS to Blood Diamond Wars by Hamish Ross and Fred Morafane

The Underneath of Things: Violence and Everyday in Sierra Leone by Mariane Ferne

Peacekeeping in Sierra Leone by Funmi Alonisakin.

 

Recomenda-se leitura da seção Guia de países para verificar se há mais informações sobre o destino escolhido.

 

Para informações sobre as relações diplomáticas do Brasil com a Serra Leoa clique aqui.

Fim do conteúdo da página